Tendências digitais: qual a postura da sua empresa?

Vivemos em uma era onde, independente do setor, o mercado está cada vez mais presente no meio digital. Graças a isso, podemos encontrar qualquer coisa com apenas um clique. A presença digital tem aproximado empresas e clientes ao mesmo tempo que tem alavancado as vendas devido a sua praticidade.

Hoje as empresas não estão preocupadas somente em impulsionar uma venda através de um simples anúncio, mas de criar um vínculo com o cliente. A ideia é torna-lo alguém especial para que ele se sinta confortável em consumir outros produtos ou serviços oferecidos pela empresa. Em outras palavras, é ser amigo do consumidor.

Estratégias que envolvam emoção e sensação são alguns dos estímulos pensados pelas grandes empresas para cativar seu público. Isso cria cada vez mais a imersão da marca no meio digital e ainda aproxima mais clientes a cada nova ação.

Um bom exemplo disso são as redes sociais, elas apresentam ao cliente uma forma de interação com a empresa. Lá ele pode ter acesso aos produtos, aos serviços, pode conhecer a equipe, tem a opção de mandar mensagem, de curtir, de comentar tudo o que estiver disponível. Diante dessa situação, é importante saber responder esse usuário. Tirar as dúvidas e aproveitar para aproximá-lo das ofertas da loja.

Todos esses privilégios que a internet pode nos proporcionar deve nos levar a refletir qual está sendo a postura da nossa empresa. Será que temos usados esses recursos a nosso favor? A economia digital é capaz de trazer inúmeros frutos se usados com inteligência e planejamento. Tudo sempre focado no público que você deseja atingir.

Não tenha medo de estar presente no meio digital. Na W3Case você pode criar uma relação com seu cliente hoje mesmo! Fala pra gente o que sua empresa está precisando que nós fazemos o resto por você. Ligue: 3441-9114 / 3441-7076

A influência das cores no marketing digital

A psicologia das cores é um estudo que nos ajuda a interpretar como as cores influenciam em nossas emoções e sentidos. Assim, é importante aprender a usar seus significados para que a transmissão de informações seja efetiva.

No marketing digital, cada detalhe oferecido gera um estímulo ao consumidor. Ao sofrer o estímulo, ele passa pela fase de reflexão, se vale a pena ou não investir em determinado serviço, por exemplo. Mas como o mercado faz uso das cores? A partir desse texto você vai entender que pode contribuir com sua própria estratégia para isso
Vamos lá?

Segundo Neil Patel do Quick Sprout“a cor representa 85% da razão pela qual você comprou um produto específico” e 93% dos consumidores consideram que a aparência visual é o fator que mais contribui para a decisão final de compra. Isso significa que as cores influenciam diretamente a presença da sua marca no mercado.

As tonalidades das cores são variantes e cada tom expressa um tipo de emoção diferente, seja ela positiva ou negativa. Por isso que empresas que estabelecem uma relação entre as cores e as emoções para sugerir ideias a seus clientes acabam levando mais vantagens entre os consumidores.

O livro A Psicologia das Cores, de Eva Heller, aborda a relação das cores com os nossos sentimentos e mostra como as duas coisas não se combinam por acaso, já que as relações entre ambas não são apenas questões de gosto, mas sim experiências universais profundamente enraizadas na nossa linguagem e no nosso pensamento. Se você deseja saber mais sobre o assunto, essa dica de leitura é para você!

A paixão pelo que fazemos nos inspira a fazer muito mais pelos nossos clientes. É por isso que a W3Case acredita que o planejamento é a base de todo conteúdo desenvolvido pela agência. Então, se você vai criar uma marca ou estabelecer a presença da sua empresa no meio digital, lembre-se de contar com os serviços especializados da W3Case e leve mais vantagens no mercado.

W3Case – Publicidade e Desenvolvimento Web
(67) 3441-9114 // 3441-7076

O empreendedorismo jovem no Brasil

Caracterizados pelo jeito despojado e espontâneo de ser e fazer ações, a juventude brasileira tem se mostrado mais atenta às mudanças e crescimentos do mercado que tem se tornado cada vez mais competitivo.

Um estudo feito com 130 países pela startup Expert Market, baseada no Texas (EUA), e publicado na Fast Company analisou a dificuldade de empreender e o número de negócios criados no ano de 2016. Para isso, foram analisados três fatores: o tempo até registrar oficialmente um novo negócio; o tempo até tomar todos os procedimentos necessários para o negócio, de fato, estar funcionando; e os custos básicos envolvidos.

A partir daí foi possível perceber que o Brasil é o 5º país com empreendedores mais determinados do mundo. Isso significa que estamos no caminho certo para fazer o país crescer. Porém, não significa que somos os mais inovadores. Infelizmente, a participação brasileira no quesito lançamento de produtos tecnológicos ainda é muito pequena.

Segundo o diretor do Comitê de Jovens Empreendedores (CJE) da Fiesp, Sylvio Gomide, “estamos perdendo tempo para investir nessa área. Os jovens que ingressam nesse grupo precisam de ferramentas, treinamentos, cursos de extensão. Além de formação acadêmica, que ao invés de preparar executivos para trabalhar em empresas, forme o líder que iniciará seu próprio negócio”, salientou o diretor na revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Mais adiante continuo dizendo que “todo esse processo ajudará o jovem empreendedor a não temer abrir uma empresa diferenciada, mesmo no complexo ambiente de negócios no Brasil – que engloba obrigações fiscais; juros altos, impostos elevados e taxas que dificultam o acesso ao crédito”.

Fontes:
https://goo.gl/byiE3d
https://goo.gl/Juhgai

#DicasW3: Marketing para serviços de alimentação

Um segmento que não para de crescer e parece nunca sofrer tanto com a crise é o setor alimentício. Pesquisas da Fiesp indicam que no ano de 2015 houve um crescimento de 35% na área com a abertura de novos empreendimentos gastronômicos de todos os tipos.

Diante dessa realidade, nós organizamos algumas dicas para fortalecer o crescimento do seu negócio. Confira:

1 – Promoção de vendas: funciona como um incentivo a curto prazo para encorajar a experimentação ou compra de um produto. Pode oferecer um estímulo à compra imediata. A estratégia é promover amostras, programas de fidelidade, sorteios online, etc.

2 – Relações públicas: promoção da empresa ou de seus produtos. Costuma gerar credibilidade e atingir públicos avessos à publicidade. Como fazer? Ter relações comunitárias, patrocinar e promover eventos locais são algumas das estratégias que podem ser utilizadas para esse tipo de campanha.

3 – Marketing direto e online: uso de meios de contato não pessoais para estabelecer comunicação direta com o consumidor. A principal ferramenta tem sido as redes sociais, como o Facebook.

Para que essas estratégias sejam eficazes, é necessário considerar alguns pontos importantes que toda promoção de vendas deve ter em vista. Ao definir os objetivos que desejam ser alcançados pela empresa, é fundamental decidir qual tipo de público será o alvo da campanha, qual vai ser o tempo de duração da promoção, os meios e canais que serão utilizados, a estimativas de custos e, claro, sempre avaliar os resultados para ver o que deu certo e o que precisa ser melhorado.

Tá precisando de uma mãozinha com a elaboração de uma boa campanha? Conversa com a gente!

W3Case – Publicidade e Desenvolvimento Web
(67) 3441-9114 / 3441-7076

Quais os benefícios de um site responsivo para minha empresa?

Antes de qualquer coisa, onde você está lendo esse texto? No celular, computador, tablet? Essa não é uma pergunta qualquer. Independente de qual seja sua plataforma, perceba que todo o texto pode ser lido de forma tranquila e prazerosa. Todas as informações se encontram bem distribuídas na sua tela e isso não se deve ao tamanho dela. Seja bem-vindo ao mundo responsivo!

Responsivo é todo site que se adapta em qualquer tela sem comprometer a resolução e a qualidade do conteúdo oferecido. Sabe aquele site que você precisa dar zoom para conseguir ler o que está escrito? Pois é, ele não é responsivo. Mas agora que você já sabe diferenciar um site responsivo de um site mobile, pense na sua empresa. Será que seu site está proporcionando uma experiência positiva ou negativa para o seu cliente?

No início deste ano o Google estabeleceu que sites responsivos pudessem ser encontrados primeiro que outros. Isso fez com que essa característica se tornasse um fator crucial para que empresas fossem encontradas através das buscas. Em outras palavras, ser responsivo é ser visto primeiro.

Além de proporcionar uma pesquisa mais agradável para o seu cliente, um site responsivo também pode gerar bons resultados administrativos e econômicos para sua empresa. Por um site mais fácil no quesito gerenciamento, não se torna necessário ter opções diferentes para a administração. Outra consequência positiva é o aumento significativo das vendas. Devido a boa distribuição de informações e a interação facilitada do cliente com a empresa, as vendas se tornam praticamente voluntárias.

Se sua empresa precisa de um site responsivo, não tenha medo de nos confiar esta missão. Conheça nosso portifólio (www.w3case.com.br/portifolio) e veja um pouco do que já foi feito por aqui.
Agência W3Case – Publicidade e Desenvolvimento Web
(67) 3441-9114 / 3441 -7076

Imobiliária Pini lança novo site com qualidade e design responsivo

Nosso cliente há mais de 8 anos, a imobiliária nos confiou mais uma vez a missão de dinamizar o site da empresa para facilitar a comunicação dos clientes e transmitir seus conceitos, valores e missão. Agora adaptável às diferentes plataformas, o site conta com um novo layout para melhorar principalmente as consultas dos clientes.

Com novo design, o site conta com cores mais confortáveis para navegação, letras maiores que facilitam a leitura e informações organizadas de maneira dinâmica colaborando com as pesquisas e com a interação dos clientes com a imobiliária.

A principal novidade é a adaptação e funcionamento em diferentes telas. Dessa forma, o novo site se reorganiza da melhor forma para apresentar seu conteúdo de acordo com o dispositivo do usuário. Na busca, é possível escolher a finalidade e tipo da pesquisa, bairro e valores dos imóveis tornando a procura do cliente mais simples e objetiva.

Conheça o novo site da Imobiliária Pini (www.imobiliariapini.com.br).

Faça como a Imobiliária Pini, entre em contato conosco e desenvolva um site para sua empresa.
W3Case – Publicidade e Desenvolvimento Web
(67) 3441-9114 / 3441-7076

Qual a importância de uma página no Facebook para o seu negócio?

Numa época onde a maioria das pessoas encontram-se conectadas na internet, ter uma página no Facebook tornou-se, mais do que um diferencial, uma necessidade para empresas que desejam interagir com seu público e alcançar novos consumidores para seus produtos ou serviços.

Tendo em vista a influência das redes sociais no cotidiano das pessoas, muitas empresas têm desenvolvido e mantido suas páginas por conta própria. Mas, nem sempre isso tem gerado bons resultados para os empreendedores por não investirem o suficiente em uma comunicação estratégica e de qualidade. Pensando nisso, nós preparamos algumas dicas para melhorar a presença da sua marca nas redes sociais.

1 – Conheça seu público

Para que sua publicação seja eficaz, é preciso definir quem você deseja alcançar. É preciso saber qual a publicação certa para a pessoa certa e na hora certa. Levante alguns dados básicos do seu público como idade, gênero, preferências, o que curte, o que não curte. Assim, você cria conteúdos voltados totalmente para o seu público gerando interação e divulgação da marca.

2 – Conteúdo

Tendo conhecimento de quem é seu público alvo, você já sabe qual conteúdo eles vão gostar de conferir, certo? Muitas pessoas atualizam o feed todos os dias para ficar por dentro das novidades. Por isso, é importante que sua empresa esteja entre essas atualizações. O contato do cliente com a marca estimula comportamentos de consumo e isso colabora diretamente com o seu desenvolvimento econômico. Então, poste todos os dias!

3 – Comunicação e interação

A internet nos dá a oportunidade de nos comunicar rapidamente com qualquer pessoa e em qualquer lugar. Com o seu cliente não vai ser diferente. Se ele for inspirado a conhecer mais sobre o seu produto ou serviço, vai entrar em contato com você através do canal em que ele encontrou a sua empresa. Por isso é muito importante que você tenha tempo de responder os comentários e as mensagens de seus clientes, sejam elas construtivas ou não. Isso favorece a interação e a presença do seu negócio nas redes sociais. Seja comunicativo!

Gostou das nossas dicas? Diante de tanto desenvolvimento tecnológico e profissional não existem mais desculpas para deixar seu negócio fora da internet. Conheça nosso serviço de gerenciamento de redes sociais e invista hoje mesmo na sua empresa.
www.w3case.com.br
(67) 3441-9119 / 3441-7076

A importância do Backup em tempos de vulnerabilidade da informação na internet

Quase todo mundo que trabalha, usa frequentemente, ou esporadicamente um computador, provavelmente já ouviu falar sobre Backup.

Porém muitos não sabem o que realmente significa este termo. Originário da língua inglesa, Backup significa em sua tradução literal, cópia de segurança de arquivos. E é sobre isso que vamos falar nesse texto.

Provavelmente você já deve ter ouvido falar de alguém que já perdeu um documento importante do trabalho ou da faculdade, um arquivo que não poderia em hipótese alguma perder, certo?

Se essa pessoa tivesse efetuado uma cópia de segurança num pen drive ou na “nuvem”, o que hoje em dia está fácil de encontrar até mesmo gratuitamente, tudo ficaria mais fácil de se resolver.

Preocupada com a segurança das informações de clientes e futuros clientes, a a W3 Case, oferece as mais seguras soluções corporativas de backup e armazenamento de dados em nuvem, compatíveis com os mais diversos tipos de sistemas operacionais, bancos de dados, aplicações e sistemas de virtualização.

Os dados são enviados diretamente dos servidores e estações de trabalho dos clientes aos nossos ambientes de Data Center World Class Tier III no Brasil. Backup de arquivos em ambiente Windows, Mac e Linux; Backup de bancos Oracle, SQL Server, MySQL, Firebird, Postgre, Backup de máquinas virtuais Hyper-V, VMWARE, Políticas avançadas de retenção e versionamento dos backups, Portal para gerenciamento centralizado das contas de backup, além de Relatórios consolidados para auditoria e Suporte e monitoração das atividades de backup.

O backup deve ser encarado como um ponto de alta relevância na hora de escolher o seu serviço de hospedagem de sites também. Enfim, ter um local seguro e à prova de perda é essencial para quem precisa proteger e ter arquivos salvos por muito tempo.

Saiba mais, e fique tranquilo quanto às informações do seu negócio: (67) 3441-9114 / 3441-7076 / www.w3case.com.br/contato

Especialista dá dicas sobre como inserir sua empresa no mundo digital

Por que minha empresa deve estar na internet? A resposta é simples: porque é onde seu cliente está. Para se ter uma ideia, atualmente mais de 95,4 milhões de brasileiros possuem acesso à internet, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para Severino Santos, um dos diretores da W3Case, empresa especializada em desenvolvimento web e publicidade, a inserção no mundo digital se reflete positivamente em uma série de fatores. Além de consolidar a marca, expande possibilidades de conquistar novos clientes, diminui custos e aumenta a visibilidade.

“Some isso à melhora das pessoas em localizar seu empreendimento, já que costumam realizar esse tipo de pesquisa na internet por conta da comodidade e da agilidade, além de melhorar o contato e o relacionamento com os atuais e futuros clientes”, descreveu.

Santos complementou que, com a expansão da internet e o crescimento de empresas especializadas, criar um site já não é um sonho distante. “A W3Case, por exemplo, tem sua sede em Nova Andradina, no interior de Mato Grosso do Sul, mas atende clientes de todo o País”, afirmou.

O profissional enfatizou a variedade de opções no mundo digital para os mais diversos tipos de empreendimento. “Nós, por exemplo, podemos atender as necessidades de uma mecânica ao mesmo tempo em que desenvolvemos sites para escritórios, sindicatos ou para profissionais liberais. As possibilidades são imensas”, destacou.

Inovar para crescer
Além do desenvolvimento de sites, o diretor da W3Case elencou investimentos em outros dispositivos, como o Cloud Server. “Trata-se de uma ferramenta para proporcionar inovação e tecnologia de ponta em prol do negócio dos nossos clientes. Este é o recurso ideal para quem busca economia e um servidor exclusivo adaptado às suas reais necessidades”, explicou.

Nessa linha, o Cloud Server reforça outra ferramenta para quem tem a intenção de estabelecer a sua marca na internet, pois, para isso, é necessário ter seu site hospedado. “Neste contexto, possuímos uma estrutura responsiva de qualidade e de credibilidade para hospedagem de sites, atendendo exigências, demandas e as especificidades de cada projeto”, salientou.

Vc@Vc + SMS Marketing
Outra dica para quem está no mundo digital é a adesão ao E-mail Corporativo, pois “transmite mais credibilidade e confiança”. “Esses são alguns dos fatores que fazem do E-mail Corporativo [suaempresa@suaempresa.com.br] um dos principais dispositivos para a profissionalização da comunicação no ambiente virtual aliado ao atendimento na internet”, disse.

A partir destas ferramentas, o especialista citou outra estratégia para reforçar a marca de seus clientes, o SMS Marketing. “Este é um dos melhores custos-benefícios do mercado, que já adaptamos para Nova Andradina. Somos uma equipe motivada que busca, diariamente, mesclar criatividade com tendências tecnológicas para trazer soluções eficazes aos nossos clientes”, concluiu.

Pare de praticar esses 10 principais erros que os e-commerce cometem e prospere!

Ter um e-commerce envolve inúmeros desafios. Além disso, como todos desejam alcançar o sucesso,  pequenos detalhes podem fazer toda a diferença para se destacar em meio a tanta concorrência.

Um atendimento personalizado, várias opções de pagamento, preços competitivos, investimento no pós-venda e promoções vantajosas são algumas opções que o seu e-commerce pode passar a adotar para apresentar um diferencial no mercado.

Pensando nisso e dando continuidade aos nossos materiais específicos para e-commerce, decidimos reunir nesse post alguns pontos que podem atrapalhar a imagem e o funcionamento do seu negócio.

Confira a seguir alguns dos principais erros cometidos por esse setor, que separamos nesse post, para você poder avaliar quais já foram e ainda são cometidos pelo seu e-commerce e o que pode ser feito para que isso não continue acontecendo.

1. Poucas opções de pagamento

Oferecer poucas opções de pagamento pode ser uma das causas para abandono de carrinho. Imagina um usuário que tem interesse em consumir em seu e-commerce, selecionou os produtos e na hora de pagar não tem uma opção que o atende?

Imagino que você não queira perder clientes que chegaram até a última etapa do processo de compra, correto? Por isso, ofereça as mais variadas opções de pagamento para que isso não se torne mais um obstáculo para o seu possível cliente.

2. Taxa de frete muita alta

Uma taxa de frete muito elevada quando comparamos com outros e-commerces pode ser um grande problema, principalmente, se os seus concorrentes oferecem produtos semelhantes por um frete bem menor.

Além de diminuir a competitividade do seu negócio, um valor tão elevado para entrega pode afastar clientes que terão que desistir de suas compras, abandonando carrinhos.

Para evitar que isso ocorra, faça pesquisas para conhecer os valores oferecidos no mercado e procure encontrar um preço que não seja muito superior.

3. Não cumprir o prazo de entrega

É importante criar uma boa experiência para os seus clientes, desde a usabilidade no site de seu e-commerce até o momento da entrega dos produtos.

De preferência tente superar a expectativa de seus consumidores, mas se isso não for possível em todas as compras pelo menos cumpra com o que foi prometido.

Isso significa, principalmente, entregar dentro do prazo as compras — e em perfeito estado —, realizadas na sua loja virtual.

Tenha um bom alinhamento com os seus fornecedores e gerencie muito bem o seu estoque para que seja possível acompanhar esses prazos.

4. Falta de descrições dos produtos

Ao fazer compras na internet não é possível ver ao vivo o produto escolhido ou mesmo experimentá-lo.

Devido a essas limitações, é essencial que existam em seu e-commerce descrições completas sobre as mercadorias oferecidas, fotos com boa qualidade e se possível vídeos em formas de tutoriais para ajudar a passar todas as informações necessárias e melhorar a experiência de compra.

Com a ajuda do SEO você pode otimizar essas descrições. Elabore o seu próprio texto e evite adicionar conteúdos duplicados em seu site.

Pesquise sobre as melhores palavras-chave para se utilizar, defina um padrão para o número de caracteres de cada descrição, selecione quais são as informações obrigatórias (medidas e tamanhos, cores, materiais etc.) e segmente por categorias os seus produtos.

Essas são algumas estratégias que podem melhorar o posicionamento de seus produtos nas páginas de resultados dos buscadores e, consequentemente, aumentar as chances de conquistar novos clientes.

5. Processo de compra confuso

Já é um desafio levar os seus usuários até o final do funil de compras, por isso, não vamos dificultar ainda mais oferecendo um processo de compras confuso. Trabalhe para que:

  • O site de seu e-commerce seja rápido;
  • Uma compra possa ser concluída em poucos cliques;
  • As informações oferecidas sejam claras;
  • Os seus clientes adicionem de forma mais fácil os produtos no carrinho;
  • Não seja exigido cadastros muitos longos;
  • A página de compras não tenha muitas informações.

6. Site lento

Como já falamos a experiência do usuário deve ser a melhor possível dentro de seu e-commerce. Quando um visitante se depara com um site lento isso afeta a sua experiência com o seu negócio.

Uma página que demora a carregar pode levar ao abandono de carrinho e deixar esse usuário que tinha todo o potencial para se tornar um consumidor com uma impressão ruim de sua marca.

7. Site não responsivo

Compras na internet são realizadas pelos mais diferentes dispositivos, como desktops, notebooks, smartphones e tablets. Segundo um estudo realizado pelo instituto de pesquisa Ipsos e pela PayPal, as compras via smartphone ou tablet no Brasil chegam a 34%, superando a média mundial.

Um número assim tão alto é um forte motivo para o seu e-commerce ter um site responsivo. Dessa maneira, é possível oferecer uma boa experiência de compra independente do dispositivo utilizado, possibilitando que mais pessoas possam consumir com mais facilidade em seu e-commerce.

8. Não ter uma boa gestão do estoque

O estoque bem gerido é um ponto essencial para qualquer e-commerce que quer oferecer uma boa experiência para o seu consumidor.

Realizar entregas dentro prazo também necessitam de um bom gerenciamento de estoque. Se você deseja fidelizar clientes, ele também será importante.

E se o que você quer é que o seu negócio cresça e fature mais, o estoque continua sendo algo essencial.

9. Não se planejar

Independente do tipo de e-commerce que você trabalha é muito importante elaborar um planejamento para ser seguido. Afinal, quanto menos riscos você estiver correndo melhor.

Ter uma programação para o seu negócio pode ajudar a decidir qual estratégia adotar, quando e em qual área investir, se é um bom momento para aumentar a equipe e muitas outras decisões importantes que não precisam ser tomadas no escuro.

10. Recurso de busca sem funcionar

Se você tem um usuário que já sabe o quer ele certamente vai utilizar o recurso de busca em seu e-commerce para descobrir se você oferece o produto desejado e chegar da maneira mais rápida até ele.

Como já falamos várias vezes nesse mesmo post, ofereça uma boa experiência para o seu visitante. Se a busca não estiver funcionando, provavelmente, o seu cliente em potencial  não terá a paciência de ir de página em página procurando o que deseja e desistirá de comprar em sua loja virtual.

Para não perder clientes desse tipo invista em uma ferramenta de busca que funcione e que exiba de maneira clara e organizada os produtos buscados.

Conclusão

Esses foram alguns dos principais erros mais cometidos pelos e-commerces que percebemos e consideramos como cruciais para o desempenho de seu negócio.

Se você não está cometendo nenhum dos erros citados, salve esse post para que você possa reler daqui a algum tempo e avaliar se algo mudou.

Mas se você identificou vários erros, não precisa se desesperar! Tire um tempo para estudar a fundo o seu negócio e faça uma mudança de cada vez para que você possa medir os resultados alcançados com cada alteração.

Esperamos que esse post tenha sido útil para você e o seu e-commerce! E se você deseja aprender ainda mais sobre esse mercado, não deixe de ler o nosso ebook E-commerce – Da criação à fidelização de clientes.

Aponte nos comentários abaixo outros erros que você reparou e que não estão dentro dessa lista. E, claro, deixe a sua opinião sobre o post e fique à vontade para sugerir outros temas que você gostaria de ler sobre e-commerces em nosso blog.